sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Sobre o que já escrevi.


    Estava dando uma olhada nos meus arquivos de Word e quase chorei, sinceramente. Vi coisas que não via há anos e já tinha até esquecido que existia. Coisas como livros prontos, textos, livros não terminados, ideias para livros e contos. O mais incrível era acompanhar as datas de criação, como fazem tanto tempo. Li algumas coisas e declarei que melhorei minha escrita com o tempo, mas que desde 2010 eu já sabia escrever muito bem. Me surpreendi, pois não me recordava. Eu fico feliz por ter tido a ideia na época de por uma anotação em cada livro do porque estar escrevendo-os. Nem todos tinham essa anotação, mas os que tinham me emocionaram.
    Tem um livro que eu só escrevi as primeiras seis paginas, mas seria a dor e sofrimento de uma amiga minha na época, seria a história dela(mas sem citar nomes ou deixar muito na cara) transformada em livro. Achei incrível, me segurei para não escrever mais algumas coisas. Outro livro meu, era o “você é a única exceção” e foi o que mais teve paginas até hoje, fora que ele nem tinha sido terminado. Com 267 paginas, ele foi largado pela metade da história. Uma curiosidade: Os últimos dois textos postados no blog foram retirados dele. O meu primeiro livro era um suspense tentando ser terror e eu não o tenho no computador, infelizmente. Mas felizmente fui sabia o bastante para tê-lo imprimido e tenho comigo até hoje. Não sei quando, não sei como. Mas em algum momento na minha vida quero reescrevê-lo e publica-lo, pois a história realmente era interessante. Lembro-me de ser uma escritora conhecida na sala de aula(bons tempos).
    Então pode se afirmar que comecei esse meu hobbie em 2009, com o Sky’s Racer. Depois desse livro, eu fiz uma comedia super sem noção onde envolvia os Jonas Brothers(admito, já fui fanática por eles) e já até criei fanfic(só que cm história diferente e dessa vez tinha a Miley) que ficou famosinha até. Talvez vocês não saibam, mas o filme “meu namorado é um zumbi” me deixou indignada, porque no começo de 2010 eu terminei o meu livro sobre um zumbi que é apaixonado por uma humana. No entanto não era comedia romântica, era apenas zumbis diferentes que podiam sentir coisas. Depois desse zumbi todo, eu resolvi escrever três livros de uma só vez, foram eles: Luck, 20 de dezembro e você é a única exceção. Era horrível escrever as três de uma vez, depois de um tempo eu abandonei Luck e 20 de dezembro e prossegui apenas com VEAUE. Mas como eu já disse, parei no meio do livro, tudo por causa de uma história que imaginei ser A história e seria uma saga. Minha saga já montada em cinco livros é suspense com romance. Estava certa de que seria essa a ideia de livro que iria propor pela primeira vez a uma editora. Até meados de 2012 eu trabalhava freneticamente nela, mas foi pensando e analisando que ser este livro o primeiro a ser publicado, sendo que ele é uma saga, seria tipo que suicídio. Poderia não dar certo e seria história jogada fora. Então eu comecei a pesquisar todas as minhas ideias de livros, seus resumos, capítulos e etc. Precisava achar uma história boa o suficiente para uma amadora se apresentar. E foi nessas analises, que eu reencontrei meu 20 de dezembro. Aquele em que eu escrevia a três e depois abandonei para escrever um só. Ele estava na pagina 20, mas comecei da pagina 1 fazendo modificações até o final. E até hoje estou certa de que será ele, o primeiro livro publicado de minha autoria. Estou o escrevendo com muito carinho e só agora(que cheguei na parte cham da história) percebo as dificuldades de escrever. Quero dizer, o escritor precisa conhecer sobre aquilo que ele escreve. Como posso eu escrever sobre plataformas, se nada sei sobre isso? Acontece que tenho que fazer pesquisas, conhecer sobre um certo assunto, saber me expressar. É como se eu tivesse que adquirir a profissão como medico para poder fazer aquela cena. Algo muito complicado, entendem? Mas não vou desistir e se Deus quiser, final do ano o livro será entregue.
    Enfim, entre esses livros que escrevi, tive uns que comecei e parei antes da pagina dez. Outros que só fiz resumo e pus minhas ideias e alguns que cheguei na pagina cinquenta e não tinha mais sobre o que falar. Quando eu fizer meu post sobre dicas de escrita para LIVROS, irei ajudar aqueles que escrevem a melhor história do mundo, mas que com o tempo ela vai perdendo sentido. Sim, conheço gente que sofre desse problema e eu também já tive isso e até hoje tenho medo de sofrer. Mas é isso, ter visto todos esses arquivos do Word me encantou, me deixou orgulhosa. Porque eu me sinto especial, me sinto diferente, e eu gosto disso. Gosto de saber que eu tenho um talento. Sei que de longe sou perfeita escritora, mas eu não nego em dizer que eu sei criar histórias e me dou bem mais em escrever livros do que textos aleatórios. E eu sou orgulhosa de mim mesma, tenho paixão pelo que faço e espero poder viver a vida com o que mais gosto, que é a escrita.
    Porque foi em uma noite assistindo filme de terror que eu descobri que essa era a minha maior paixão. E eu quero compartilhar dela para o mundo.

7 comentários:

  1. Eu sou simplesmente apaixonada pelo seu jeito de contar as coisas! Me prende! É incrível! Eu não consigo me distrair quando estou lendo seus textos, e me sinto até humilhada! Suas histórias são impressionantes! Queria saber escrever assim! Quando você lançar seu livro, tenho certeza de que vai vender muitooo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, você não tem noção do quanto eu gostei de ter lido isso. Sério, muuuuuito obrigada pelo carinho. Fico muito contente em estar agradando, isso me anima mais para continuar. Obrigada por acreditar em mim, no meu livro, que ele possa realmente ser reconhecido. ♥

      Excluir
  2. Stephanie Mendonça26 de janeiro de 2013 03:09

    Tenho certeza que você tem um brilhante futuro pela frente, lute por ele e bao desista na primeira queda. Um grande beijo!

    ResponderExcluir
  3. Olha, você tem um sonho. Eu também tenho os meus. E sinceramente, por nenhum motivo nesse mundo desista dele ou de qualquer outro. De que vale a vida se não se arriscar e ir atrás do que você quer? Muitos vão te humilhar e achar que não vale á pela. Mas, muitos como eu estão aqui pra te dizer de que você é capaz.

    Beijo, Mariana
    http://marianadelavia.blogspot.com.br/ - Falando Sozinha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Mariana, é bom estar sempre lendo palavras de apoio. Jamais vou desistir, disto estou certa. Pode demorar o quanto for, vou realizar meus sonhos. :)

      Excluir